A equipa da ADDHU, composta pela Presidente da ADDHU (Laura Vasconcellos) e pela Coordenadora do Projecto Quénia (Carolina Vasconcellos), voltou a deslocar-se ao Quénia entre os dias 27 de Julho e 26 de Agosto de 2011 onde, para além do tão esperado reencontro com as crianças do Centro Wanalea, foram também desenvolvidas outras iniciativas, nomeadamente distribuições de bens alimentares nos bairros de lata de Nairobi onde a ONU já reconheceu que a situação de fome é muito grave.

Esta missão ao Quénia teve como principal objectivo a avaliação dos impactos da actual crise humanitária do Corno de África nas populações dos bairros de lata de Nairobi, e os resultados deixaram-nos a todos de “coração apertado”...

Durante esta missão ao Quénia, a equipa da ADDHU contou com a presença e com a ajuda dos voluntários Pedro Amaro, Mariana Duarte, Marta Ribeiro, Luísa Santos e Maria João Henriques, sendo que a Maria João vai permanecer no Quénia durante 1 ano com a missão de ensinar a língua e cultura portuguesas às crianças do Centro Wanalea e aos jovens do bairro de lata do Soweto.


 

Wanalea Children’s Home - Centro de Acolhimento Wanalea

Foi com muita alegria que nos voltámos a reunir com as crianças do Centro de Acolhimento Wanalea. Durante o tempo que passámos com as crianças, foi possível verificar que todas se encontram bem e saudáveis. Os resultados escolares foram muito bons, tendo mesmo ultrapassado as nossas expectativas, e todas as crianças se mostram muito felizes com a sua vida no Centro Wanalea. Existe também um enorme sentimento de gratidão, e muitas delas têm consciência da oportunidade única que lhes foi dada. Também é comovente ver como as crianças assimilaram os valores de família que lhes temos vindo a ensinar, e como elas se vêm todas como irmãos e irmãs, entreajudando-se e protegendo-se umas às outras.

A ida para uma escola fora do Centro teve, sem dúvida, um impacto muito positivo na vida das crianças: estão mais comunicativas, sociáveis e confiantes. Têm imensos amigos novos, que muitas vezes as vão visitar ao Centro. Durante esta missão ao Quénia, tivemos o prazer de ficar a conhecer alguns destes amigos e amigas das crianças, nomeadamente a melhor amiga da Susan, a Faith, que passou um fim-de-semana connosco no Centro Wanalea. As crianças foram, mais uma vez, muito elogiadas pelos professores, não só no que concerne a sua performance escolar, mas também, e sobretudo, por causa do seu bom comportamento e do seu espírito de solidariedade e dos seus valores bem enraizados de entreajuda e família. Os professores confessaram que não esperavam nem estes resultados nem este tipo de comportamento de crianças “institucionalizadas”, pois isso não é comum no Quénia e as crianças oriundas de orfanatos são muitas vezes estigmatizadas e rotuladas de rebeldes e delinquentes. Todas estas observações, para além de nos encherem a todos de orgulho, mostram que estamos no bom caminho!




As crianças entraram de férias no dia 29 de Julho de 2011. Nos últimos dias de aulas, realizaram-se os já habituais eventos de encerramento da escola para o período de férias escolares, que incluíram danças tradicionais africanas e eventos desportivos como torneios de futebol e atletismo. É sempre muito gratificante ver estas crianças, que há 3 anos atrás estavam literalmente a lutar pela vida num bairro de lata, tão felizes, em brincadeiras com os amigos, perfeitamente integradas na sua comunidade. A força e a coragem destes 26 meninos e meninas continua a surpreender-nos...


   

Uma vez que as crianças estiveram de férias durante todo o mês de Agosto, os voluntários e a equipa da ADDHU organizaram várias actividades para manter as crianças animadas e ocupadas, desde trabalhos manuais e actividades artísticas, aulas de português, jogos no jardim e desportivos a concursos de dança e actividades de dramatização. As férias foram passadas com muita alegria e diversão, e em ambiente constante de festa, sendo que tivemos a oportunidade de celebrar 4 aniversários no Centro! No dia 29 de Julho, o Cristiano fez 10 anos e foi organizada uma grande festa para celebrar esta ocasião! Seguiram-se os aniversários da Susan, que fez 12 anos no dia 5 de Agosto, e os aniversários da Soila, que fez 9 anos no dia 9 de Agosto e da Winnie, que fez 7 anos no dia 26 de Agosto. Em nenhum destes dias tão especiais para a família Wanalea faltaram as tradicionais festinhas de aniversário, com bolos, velas, prendas, muita música e brincadeiras com os amigos!


   

No dia 17 de Agosto, decidimos fazer algo diferente... Levámos as crianças a assistir a um jogo de futebol da liga queniana no Nyayo National Stadium em Nairobi! Como sabem, o futebol é o desporto preferido das crianças do Centro Wanalea, meninos e meninas. Foi uma experiência única, tanto para as crianças como para a equipa da ADDHU. Foi comovente ver o fascínio das crianças ao entrarem no estádio. Algumas confessaram que nunca tinham alguma vez imaginado que um dia poderiam estar naquele sítio, a ver um jogo de futebol...


   

No âmbito dos nossos projectos de sustentabilidade do Centro Wanalea, atribuímos um microcrédito aos funcionários locais do Centro de modo a que pudessem abrir uma pequena loja e levar a cabo algumas pequenas actividades geradoras de rendimento. A Loja Wanalea já está a dar os seus frutos e vai permitir que a nossa equipa local tenha acesso a melhores rendimentos, fomentando o espírito de iniciativa e o empreendedorismo. Para além disso, aumentámos o nosso galinheiro, sendo que temos agora 12 galinhas, 2 galos e cerca de 10 pintos que nasceram na última semana de Agosto. Pretendemos aumentar também o número de galinhas de modo produzir uma média de 60 ovos por semana, que servirão não só para consumo das crianças como também para venda.


   

Durante esta missão ao Quénia, demos as boas-vindas ao mais recente membro da família Wanalea: chama-se Simba e é uma cadelinha de 3 meses! A Simba veio ter connosco porque estava sozinha e faminta... Estava muito magrinha quando a encontrámos... As crianças rapidamente se afeiçoaram a ela e prometeram cuidar muito bem da sua nova amiga, com a ajuda e a orientação da voluntária Maria João. Bem-vinda Simba!


 

ADDHU no bairro de lata de Kitui Ndogo

No dia 11 de Agosto, a equipa da ADDHU deslocou-se ao bairro de lata Kitui Ndogo, onde se encontra a trabalhar a organização queniana FOC - Foundation for Orphaned Children - que dá apoio a cerca de 70 crianças deste bairro de lata, entre as quais 7 são apoiadas pela ADDHU através do programa de apadrinhamento Wanalea.

Foram distribuídos mais de 70 litros de leite às crianças da Kitui Village Nursery School e foram também entregues algumas Dádivas de Esperança, entre as quais uma rede mosquiteira e um Kit Escola, uma Dádiva que tem vindo a ter resultados muito positivos, sendo que as crianças que têm recebido estes kits têm todas, sem excepção, melhorado significativamente a sua performance escolar.




Durante esta visita, a equipa de ADDHU verificou que as crianças apadrinhadas estão felizes, bem alimentadas e bem de saúde. A Francisca, o Adam e a Victorine, as crianças com mais problemas de saúde, continuam a crescer e a ter um bom desenvolvimento, agora que as suas doenças se encontram controladas. O acesso a cuidados de saúde adequados e a melhoria na alimentação têm sido cruciais para o desenvolvimento saudável do Adam e da Victorine. Para estas crianças de saúde frágil, o apadrinhamento não só contribuiu para melhorar significativamente a sua qualidade de vida, como lhes salvou, literalmente, a vida...

Mais uma vez, foi-nos dado conta da situação de insegurança alimentar em que se encontram estas crianças, uma situação que se tem agravado, e muito, com a crise alimentar que se instalou no Quénia. As famílias estão sem dúvida com muitas dificuldades para fazer face aos aumentos dos preços da comida e as condições de vida têm-se degradado ainda mais... A população do bairro de lata também tem vindo a aumentar devido à seca no Norte do país, muitas pessoas buscam em Nairobi o meio de subsistência que perderam com a seca.




Não podemos ficar indiferentes a esta situação e no dia 23 de Agosto, levámos a cabo uma distribuição de bens alimentares às populações deste bairro de lata mais afectadas pela crise alimentar. No total, foram distribuídos 950 kg de comida (500 kg de feijão e 450 kg de arroz). Mais de 400 famílias beneficiaram da distribuição, tendo sido dada prioridade aos idosos, jovens mães com bebés e crianças pequenas (menos de 5 anos idade) e crianças.

 

A ADDHU no Bairro de lata do Soweto em Nairobi

No dia 15 de Agosto de 2011, a equipa da ADDHU deslocou-se ao bairro de lata do Soweto, onde esteve reunida com Calvin Matsita, fundador e director da GVA, e a sua equipa. Este bairro de lata tem recebido muitos refugiados da Somália desde o inicio da crise humanitária no Corno de África. Aqui também foi realizada uma distribuição de bens alimentares, cerca de 900 kg no total entre arroz, feijão e farinha de cereais. Mais de 600 famílias beneficiaram da distribuição, durante a qual foi dada prioridade a mulheres e crianças. A distribuição decorreu com sucesso e quase sempre de forma pacifica, graças à intervenção e apoio dos voluntários locais da St Johns Community Ambulance Team.




Para além disso, graças ao Programa Dádivas de Esperança, também foram entregues 84 litros de leite às crianças da Cityshine Primary School e 60 pacotes de pensos higiénicos às jovens da Cityshine Secondary School.


   

Durante as nossas visitas ao bairro de lata do Soweto, tivemos a oportunidade de estar com as duas crianças apoiadas através do programa Wanalea: o Abedneco Wanza e a Sylvia Meli. Foi com muita alegria que verificámos que ambas se encontram bem e saudáveis, e que têm tido uma excelente performance escolar, sendo que foram os melhores alunos da sua turma.

O Programa Alimentar Escolar tem decorrido com muito sucesso, e abrange neste momento 685 crianças de 4 escolas da zona de Kayole-Soweto. Estas crianças recebem todos os dias uma refeição na escola, geralmente composta de arroz, feijão, legumes e por vezes ugali. Esta refeição é para muitas delas a única que têm garantida, e a única que recebem por dia... Neste momento, consideramos que este programa deve ser encarado como prioritário, devido à situação de crise alimentar que se vive no Quénia. Muitas crianças contam apenas com esta refeição que recebem na escola...


   

O programa de ensino da língua e cultura portuguesas também foi iniciado com muito sucesso, em Julho de 2011, pelas voluntárias Romana e Mariana. Neste momento, temos cerca de 150 alunos inscritos, divididos em 4 turmas: duas do ensino primário e duas do ensino secundário. As aulas vão ser retomadas pela voluntária Maria João em Setembro de 2011.




A aprendizagem do português é uma mais-valia para estes jovens de meios tão carenciados, significando um aumento de oportunidades de futuro e de profissionalização, dado a emergência e a importância de alguns dos países dos PALOP como Angola ou o Brasil. Para além disso, constitui sem dúvida um motivo de orgulho para todos os portugueses que num pais não pertencente aos PALOP haja tanta gente a querer aprender a nossa língua a cultura.

Esta missão da ADDHU ao Quénia não foi fácil... Foi uma missão dura, e muita cansativa a nível emocional e psicológico. Foi possível perceber de uma forma bem clara que a crise alimentar tem tido consequências muito graves nas populações dos bairros de lata de Nairobi. A ONU já alertou para esta situação, mas atenção dos meios de comunicação e das grandes agências de ajuda humanitária está neste momento concentrada na Somália e nos campos de refugiados. E é aqui que está a ADDHU, onde mais ninguém está... É aqui que todos juntos fazemos a diferença!




Mais do que nunca, o vosso apoio tem sido crucial pois sem ele muitas crianças iriam ser severamente afectadas por esta crise. Mais do que nunca, a vossa solidariedade e vosso carinho estão neste momento a fazer TODA a diferença! Mais do que nunca, contamos convosco para juntos enfrentarmos este momento difícil que todos nós atravessamos!

Obrigada por acreditarem que é possível fazer a diferença!


Linha solidária ADDHU
760 300 130 (0,60 Euros + IVA)
Por cada chamada, será distribuída uma refeição a uma criança do bairro de lata do Soweto através do nosso programa alimentar escolar.

 

Dados bancários da ADDHU para donativos
Banco: Millenium BCP
NIB: 0033 0000 45392959245 05
IBAN: PT50 0033 0000 45392959245 05
BIC/SWIFT: BCOMPTPL


A equipa da ADDHU agradece a todos os que apoiam as crianças do Centro Wanalea e dos bairros de lata de Nairobi, e que contribuem para os nossos projectos no Quénia, em especial aos voluntários e aos padrinhos, sem os quais nada disto seria possível...