Estima-se que, só em Nairobi, a capital do Quénia, existam mais de 300,000 crianças de rua. Estas crianças são na sua maioria órfãs ou abandonadas, e muitas delas vivem nas ruas dos bairros de lata de Nairobi. Estas crianças não têm nada, nem sequer um papel que comprove a sua existência… Não têm casa, não têm família, não vão à escola nem ao médico quanto estão doentes… Passam os dias a pedir esmolas e comida nas ruas de Nairobi, a roubar e a cheirar cola para “enganar” a fome que sentem… Se morrerem ou desaparecem, ninguém as vai procurar… Ninguém vai sequer reparar que já não existem… Porque elas não existem, nem nunca existiram… São crianças invisíveis…


   

A principal missão da ADDHU no Quénia tem sido, desde o inicio, a defesa dos direitos destas crianças, de forma a que deixem de ser invisíveis. Para que estas crianças possam ter acesso aos seus direitos mais básicos, a ADDHU desenvolve vários programas de apoio no bairro de lata de Kitui Ndogo/Majengo em Nairobi, e no bairro de lata de Kware em Ongata Rongai, nos subúrbios de Nairobi:

1. Centro de Acolhimento Wanalea
2. Programa de apadrinhamento Wanalea
3. Programa Dádivas de Esperança
4. Programa Alimentar Escolar

Para além destes programas, a ADDHU também tem vindo a levar a cabo acções de sensibilização e workshops sobre a importância do registo das crianças e dos certificados de nascimento. Estes documentos são essenciais para que as crianças tenham uma existência legal e possam reclamar os seus direitos mais básicos, para além de as proteger contra uma série de abusos tais como tráfico ou trabalho infantil. Através do programa Dádivas de Esperança, é possível oferecer um certificado de nascimento a uma criança, garantindo todo o apoio necessário aos pais que desejem registar os seus filhos.

 

Bairro de lata de Kitui Ndogo - Majengo:

Em parceria com a ONG queniana FOC (Foundation for Orphaned Children), a ADDHU apoia as crianças do bairro de lata de Majengo - Kitui Ndogo, com alimentação, cuidados de saúde e educação.


   

O bairro de lata de Kitui Ndogo - Majengo situa-se em Nairobi e tem cerca de 25,000 habitantes que vivem em condições de pobreza extrema, com menos de 1 Euro por dia, estando mais de metade da população desempregada. Cerca de 70% da população de Kitui Ndogo tem menos de 15 anos e estima-se que 15% seja portadora de HIV/SIDA, na sua maioria mulheres e crianças.




O tamanho médio de uma barraca é de 3.5m x 3.5m. Estas barracas, que chegam a albergar 8 ou mais pessoas, muitas tendo que dormir no chão, são geralmente feitas de lama e terra, por vezes reforçadas com betão, telhados de zinco e chão de betão ou terra. O custo mensal é de 7-10€. Poucas casas têm electricidade, e poucas também são aquelas que têm acesso a água canalizada. Esta é vendida a 20KES por 20 litros e não é apropriada para o consumo, estando muitas vezes na origem de doenças como tifóide e cólera. Não existem sistemas de saneamento básico, esgotos ou recolha de lixo. Existe uma “casa de banho” (latrina) em todo o bairro, cujo uso custa cerca de 5 KES, ou seja 0,05€.

Através do programa Wanalea de apadrinhamento de crianças, a ADDHU conseguiu até agora dar apoio a 6 crianças que vivem com as suas famílias no bairro de lata, melhorando de forma significativa as suas condições de vida. Algumas destas crianças sofrem de graves problemas de saúde, sendo que uma delas é seropositiva.


   

Dado que a insegurança alimentar e a fome foram os maiores problemas apontados pela comunidade e pelas famílias das crianças, e que a maioria das crianças residentes neste bairro de lata não chega a ter uma refeição por dia, havendo inúmeros casos de malnutrição e de subnutrição, a ADDHU também tem vindo a implementar programas de ajuda alimentar neste bairro de lata, nomeadamente um programa alimentar escolar e distribuições regulares de bens alimentares às familias mais carenciadas.


      

Clique aqui para ver mais fotografias

Clique aqui para ver os vídeos